Meus cordéis em Escolas Públicas

Olá, gente querida. Estou passando para reproduzir uma publicação que fiz em meu perfil no Facebook. Espero que seja tão inspiradora para vocês quanto foi para mim e para essas crianças:

Estou há um bom tempo respondendo mensagens que caíram na pasta de “filtradas” e eu não tinha conseguido acessar, quando me deparo com uma mensagem de uma professora que trabalha numa Escola Municipal de Ensino Fundamental.

Ela me mandou o relatório de uma atividade que fez com seus alunos usando meus cordéis. A atividade foi linda, com leituras, debates, pesquisas, filmes e até produção de histórias em quadrinho. Além das imagens abaixo, vou reproduzir alguns dos comentários dos alunos:

“Foi muito importante porque foi bom conhecer o quanto o negro é importante para a sociedade. Foi importante também para ver a situação da mulher na sociedade. Acho que o ser humano deve acabar com essa história de preconceito, não importa o tipo de preconceito: pele escura, usar óculos, ser gordo ou magro, deficiente físico e tantos outros fatores. Chega! Parou de preconceito.” (Eduarda, 6º A)

“O trabalho foi importante porque eu sabia sobre a escravidão, mas não o quanto terrível ela é.” (Luan Rodrigo, 7º A)

“Este estudo foi importante porque conhecemos histórias de mulheres que deveriam ser conhecidas, pois são histórias muito bonitas, de pessoas que lutam por uma vida digna.” (Milena, 7º A)

Queria ter como mostrar aqui todos os comentários, fotos e desenhos. Mas que inspirador saber que meu trabalho tem servido exatamente para aquilo que sonho. Muito obrigada, professora Maria Luiza Lazzari, que você continue fazendo a diferença e construindo uma educação que se orgulha das nossas origens e busca conhecê-las em intimidade.

jarid arraes cordel escola