Sideral

caí na nebulosa das tuas sardas dos teus peitos soltos cobertos por pano fino  . a gravidade do teu sorriso pesando contra meu corpo escorregando minha calcinha caí no melado entre tuas coxas de cara, de língua e eu, flutuando desejei cada camada todos os graus do teu gemido .

Melada

me incomoda me perturba que o sexo com você seja cheio de firulas   não de poses encenadas não de tantra nem de sutra   mas firulas de romance de instantes de ternura   são voltinhas caligráficas nesse jeito em que te olho no quentinho desse beijo   são enfeites…

Intensa

não te quero como cerveja social entre conversinhas com uma casualidade e uma leveza características te quero como vodka pura e quente de efeito forte e de repente te quero em muitas doses e uma ressaca que seja, por favor, recorrente.

Hipótese

fico aqui pensando com todas as minhas crises se um dia desses qualquer que seja eu vou cansar de você será que vou cansar da sua pele que provoca minhas mãos do seu sorriso que me derrete a calcinha será que posso não querer num dia desses que vier ouvir…

Alta Imagem

o espelho mente pra mim a marca da mandíbula aparente mente não combina com a foto a luz sobre o rosto contra a pele meus olhos me enganam só reparam nos lábios escuros nos cachos modelados e a pupila joga conta uma história que não se prova que não se…

Sem filtro

O cigarro pendente entre os lábios e a fumaça escapando, como bruxaria num ritual pra me atrair. Quis dizer: solta em mim, me marca com esse cheiro que agora é teu, que quero nosso. Entre saliva e nicotina uma vontade tão grande de molhar teu lençol escorrer no colchão deixar…