O Cordel da Amizade

Como duas mãos se tocam No encaixe do momento Chega a parecer destino Um tamanho sentimento De uma pessoa aqui Que encontra outra ali Sentindo pertencimento. Os olhos da amizade Descortinam muito além Que só na sinceridade Sabe lhe enxergar também O amigo que te ama Nunca que ele te…

nunc obdurat et tunc curat

1439 lugares e eu era a única negra há espíritos fortes que falam de racismo enquanto assistem carmina burana [eu quebro] o primeiro ato é o roubo quero escrever coisas outras pássaros vaginas janelas o clima as lentes o detergente roubaram de mim de você desse lápis desse teclado a…

rebentação

há sempre um mar invisível despejado a conta-gotas pingando nos olhos de quem sofre o sal que queima a retina e as veias violentas ondas de miséria só quem sofre [por amor] pode saber as algas presas aos meus cabelos e o sempre-mar na ressaca dos meus olhos - poema…

trilogia

a primeira vez teve gosto de sukita as bolhas saindo pelo nariz afogando a foça de reação transformando um corpo infantil em corpo estático em pedra-pomes os buracos juntando sujeira ele despejou em mim todo o lixo do umbigo aos joelhos despejou em mim o riso culpado de quem sabia…

preparo

escrevo cada letra como pílulas tarja-preta que não engoli uma a uma como feijões catados na bacia reproduzindo os dedos ágeis que minha avó possuía pego as palavras formadas prozac ⠀⠀rivotril ⠀⠀⠀⠀azepam ⠀⠀⠀⠀⠀⠀oxetina e ouço o pingado agudo que minha avó também ouvia pec pec os feijões bons dos ruins…

cinto de couro

a silheta paterna assombra os sonhos na penumbra das metáforas nas figuras de linguagem na literalidade das surras das pernas bêbadas nas mães chorosas roxas a figura do pai marca a filha que marca o filho que marca a filha e depois a menina numa cadeia de gritos ameaças quartos…

desejo um mundo

desejo um mundo em que seja fácil ser só   em que os porteiros não deem bom-dia boa-tarde não me olhem boa-noite   um mundo em que a farmácia seja um de cada vez sem os toques dos corredores sem o deseja a revista apoiar as crianças o câncer moedinhas…

meio do céu

conclamamos os astrólogos as tarólogas ofertamos nossas patas à leitura e sobramos na borra do café porque somos os únicos bichos preocupados com o futuro no entanto saturno pode ser apenas pedra e júpiter pedra e urano e mercúrio e marte também a mais pura e gravitacional rocha os oceanos…